14 de Fevereiro de 2012
Review Oficial 7.14 – Plucky Pennywhistle’s Magical Menagerie

Olá queridos leitores! Supernatural arrancou boas risadas sexta- feira passada, não é mesmo?
Então escreverei mais uma vez á vocês um pouco de minhas opiniões!

Plucky Pennywhistle’s Magic Menagerie, além do nome complicado, foi também um pouco difícil de entender. O décimo quarto episódio de Supernatural foi aqueles meia-boca. Infelizmente não tenho satisfação nenhuma essa semana para compartilhar. Mas vou tentar obter uma visão geral de maneira a explicar-lhes em um respeitoso ponto de vista.
Cordialmente eu diria que apenas pela dinâmica entre os irmãos e a maneira calorosa como Dean conseguiu rir com vontade dentre tanto tempo, que pareceu ser o pequeno agrado desse episódio. Foi como ter sido levado de volta para primeira temporada. No qual eles falavam de monstros, medos e voodoo e no final riam de tudo e tornavam a pegar a estrada.

Frank já deu notícias de que seu personagem continua na série, adquirindo quase que o humor seco que Bobby tinha. Mas não foram acrescentadas muitas informações aproveitáveis nesse capítulo, na verdade, nenhuma. Na verdade esse episódio foi de muito, muito baixa habilidade. O enredo dos Leviatãs parece estar sendo empurrado para o final, com algumas poucas referências entre uma cena e outra, mas ainda assim deixado de lado.
Foi agradável ver Dean demonstrando uma ficção por uma mola de brinquedo, e Sam vestindo o disfarce de policial durão. Mas é muita piada pra uma série que já vai chegando no meio de sua temporada e nada, além da morte de Bobby e o principio fim de Castiel, aconteceu de realmente eletrizante.

Provavelmente está será a review mais curta que eu já tenha escrito, porque verdadeiramente não sei como proceder para transmitir a vocês minha insatisfação. Ou fazer com que me entendam.
Então eu vou desejar e contar com vocês pra não perderem a fé nessa série. Sera e campainha têm sim cartas na mesa, e estão guardando-as para o final, pena que esquecendo que existem outros episódio antes. Mas é assim, é como amor. Com seus dias de ápice e seus dias de declínio.

Até o 7.15 – Repo Man… Que parece não suceder este, e sim ser incrível!
Até lá! Sintam-se livres para comentar! Obrigada.

Por Érika Accioly

0 comentários
Publicado por: Erika Accioly
Categorias: Review Oficial

Deixar uma resposta